Dry Needling – Agulhamento Seco

Dry Needling – Agulhamento Seco

Saiba Mais sobre o Dry Needling: Terapia Manual Intra-muscular

Esta é uma técnica fisioterapêutica que está se disseminando rapidamente pela sua eficácia e resolutividade. No Brasil ainda é pouco conhecida, mas está ganhando cada vez mais adeptos.
Dry Needling foi desenvolvida desde 1940 através dos estudos da Dra. Janet Travell e após ter seus estudos aprimorados, por cientistas como Dr. Karel Lewit e Dr. Chang Gun.

Dra. Janet Travel, que é conhecida como a “mãe do conhecimento sobre Trigger Point Miofascial”, nos Estados Unidos, originalmente começou os seus estudos e prática clínica desta técnica que ela mesmo nominou como “Dry Needling”, utilizando agulhas hipodérmicas no tratamento de Trigger Points, sem nenhuma analogia a Acupuntura ou a MTC (Medicina tradicional Chinesa). Somente com o passar do tempo outros pesquisadores passaram a realizar esta analogia.

Inicialmente o Dry Needling foi utilizado unicamente no tratamento de Trigger Points, no entanto considerando os mais recentes estudos se observa-se que existem resultados consistentes no controle da dor musculoesquelética, não somente miofascial. Além disso o Dry Needling pode ser utilizado associado a eletroterapia podendo alcançar níveis ainda mais efetivos de analgesia para disfunções musculoesqueléticas.

dryneedlingO Dry Needling pode ser superficial ou profundo tendo aplicação a uma variada lista de disfunções musculoesqueléticas, com aplicação sobre tecido muscular, conjuntivo em neuralgias e controle da dor articular.
Desde então muitos Fisioterapeutas os Estados Unidos e na Europa passaram a realizar estudos clínicos e programas especiais de qualificação na técnica de Dry Needling, que vem sendo cada vez mais utilizada entre os fisioterapeutas em todo mundo, ganhando reconhecimento clínico e científico internacional à partir de diversas publicações respeitáveis em revistas especializadas na área musculoesquelética.

“O Dry Needling é um excelente recurso na diminuição e até mesmo na cura de dores musculares, podendo ser aplicado em combinações com outras terapias ou mesmo como uma terapia isolada e única”
Dry Needling miofascial, se caracteriza na inserção de uma agulha no filamento do músculo na região de um “Trigger Point ‘.

O objetivo do Dry Needling é conseguir uma resposta de contração local para liberar a tensão e dores musculares. Dry Needling é um tratamento eficaz para a dor crônica de origem neuropática com muito poucos efeitos colaterais.Esta técnica é inigualável em encontrar e eliminar a disfunção neuromuscular que leva à dor e déficits funcionais.

Dry Needling não é Acupuntura

Os objetivos e filosofia por trás do uso de Dry Needling por fisioterapeutas não é baseado em teorias antigas ou princípios da medicina tradicional chinesa. O desempenho do Dry Needling moderno por fisioterapeutas é baseado em neuroanatomia ocidental e estudo científico moderno dos sistemas músculo-esquelético e nervoso. Tanto o Dry Needling quanto a acupuntura, no entanto, usam a mesma ferramenta, uma agulha.
Uma variedade de problemas músculo-esqueléticos, incluindo, mas não limitados a: lesões crônicas/agudas, dores de cabeça, pescoço, dores na coluna, tendinites, espasmos musculares, “dor ciática”, dor no quadril, joelho, tensões musculares, fibromialgia, cotovelo de Golfista , lesões por overuse, etc.
Há poucos efeitos colaterais, e podem variar entre os indivíduos. Normalmente, apenas leve dor muscular ou hematoma na pele.

A agulha utilizada é muito fina e a maioria dos indivíduos nem sequer a sentem penetrar na pele. Em um músculo saudável, sente-se pouco desconforto com a inserção da agulha. No entanto, se o músculo é sensível e encurtado ou há Trigger Points ativos dentro dele, o indivíduo vai sentir uma sensação como uma cãibra muscular – “a resposta de contração”.

drynee10

Estudos indicam que Dry Needling melhora o controle da dor, reduz a tensão muscular, normaliza disfunção bioquímica e elétrica de placas motoras, e facilita um retorno acelerado de reabilitação ativa.

DryNeedling

Dry Needling envolve a inserção de uma agulha para estimular o processo de cicatrização de tecidos moles (“Trigger points” musculares, fáscias, tendões e ligamentos, etc), resultando em alívio da dor e restauração da fisiologia saudável. O paciente também pode sentir uma reprodução de “sua” dor, que é um indicador de diagnóstico útil para o terapeuta diagnosticar a causa dos sintomas dos pacientes. Os pacientes logo aprendem a reconhecer e aceitar até mesmo essa sensação, uma vez que resulta na desativação do Trigger Point, reduzindo a dor e restaurando a função do comprimento normal do músculo envolvido.

Um trigger point miofascial é um ponto com hiperirritabilidade e hiperatividade no músculo esquelético que está associado com um nódulo palpável hipersensível. Esta área se torna dolorosa no local e também pode “irradiar” em padrões previsíveis.

drynee11

“Técnica inovadora e eficaz, internacionalmente reconhecida, bastante prática e objetiva que na atualidade está sendo empregada por diversos Fisioterapeutas por todo o mundo. Trata-se de uma técnica invasiva que utiliza o “agulhamento seco” sem nenhuma medicação em pontos anatômicos específicos no tratamento da dor miofascial. Esta técnica não deve ser confundida com o tratamento de acupuntura, pois visa a terapia de agulhamento com fundamentação fisiológica ocidental promovendo efeitos reflexo neuromuscular relaxante, bioquímicos e imunológicos locais embora usando agulhas semelhantes as da acupuntura. Pode ser empregado no tratamento de diversos distúrbios musculares locais, como torcicolos, “trigger points”, síndrome miofascial, cefaléia tencional, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciatalgias e também dores articulares do esqueleto apendicular. ” Dra. Cláudia Inês Grams, Fisioterapêuta.”

SOGAB +55 51 9559-8930 sogab@ sogab.com.br