Quiropraxia Intrumental

Dr. Márcio Tosi, Fisioterapêuta Quiropraxista

ativadorA quiropraxia consiste na avaliação, tratamento e prevenção das disfunções do sistema neuro-músculo esquelético. Atua na manutenção e liberação do fluxo de informações neurológicas, através de intervenções manipulativas nas articulações, estimulando a homeostase corporal, ocasionando a auto-recuperação do organismo.

Esta técnica teve origem na escola americana de Logan, sendo a segunda técnica quiropráxica mais utilizada no mundo e a mais bem paga nos EUA. Consiste no equilíbrio do corpo através de uma manipulação realizada por instrumento mecânico com força pré definida, no sentido da correção da disfunção ou subluxação.

Indicado para o tratamento das restrições biomecânicas, distúrbios posturais, dores agudas e crônicas, com a ajuda de um pequeno instrumento que produz um impulso suave e eficaz para o paciente. Permite ajustes específicos, promovendo a ativação dos micromovimentos, desbloqueando as articulações através de pequenos impactos em pontos específicos. É baseada num protocolo de avaliação estruturado, obtido por uma série de testes que determinam a localização e o sentido do bloqueio.

Várias enfermidades podem ser originadas como consequência de um mau posicionamento das articulações e ao longo da vida, o corpo é submetido à estresses físicos, emocionais, sobrecarga, esforço, movimentos repetitivos, traumas e toxinas. Hábitos que deformam a coluna progressivamente interferem em cada paciente de forma diferente.

Durante o tratamento, o paciente estará confortavelmente em decúbito ventral e o fisioterapeuta enviará através do TIQ® uma manipulação precisa, unidirecional e sequencial sobre um determinado número de articulações, músculos e ligamentos. Ao receber estes estímulos o corpo desencadeia um processo de auto-cura.

10 razões para utilizar o TIQ

  1. Precisão: ao utilizar o método, é possível identificar o ponto exato, onde é necessária a correção.
  2. Controle: força, freqüência, torque, velocidade e impulso gerados pelo instrumento, fornecem a quantidade exata de energia para normalizar a função biomecânica.
  3. Conforto: durante o tratamento, o paciente estará confortavelmente relaxado em postura neutra, sem a necessidade de mudanças de posição e movimentos ativos.
  4. Rapidez: o impulso rápido, porém controlado, é o segredo para a eficiência deste procedimento.
  5. Resultado: mais de 90% dos pacientes apresenta melhora significativa na primeira sessão.
  6. Acertividade: o procedimento direto sobre a articulação evita a utilização de diferentes parâmetros de movimento para realizar a manipulação.
  7. Eficácia: pesquisas científicas comprovam os resultados do tratamento.
  8. Confiança: possibilita mensurar visivelmente e imediatamente os resultados obtidos.
  9. Consistência: padroniza a metodologia na aplicação, fazendo com que diminua a diferença de resultados entre os examinadores.
  10. Reconhecimento: é patenteado para a correção de subluxações, sob registro e licença no FDA 510k (USA).