ANATOMIA HUMANA

Prof. Roberta Merino Masina  roberta@sogab.com.br

Ana : cortar

Tomia: em partes

 

Anatomia é  a parte da biologia que estuda a forma e a estrutura dos seres organizados, bem como as relações entre os órgãos que se constituem. É uma palavra de origem grega  que significa cortar em partes (ana : cortar e tomia: em partes). Em português temos para o mesmo significado a palavra “dissecação”.

A posição anatômia considera que a região anterior  do corpo humano seja o indivíduo com os braços ao longo do corpo e as palmas das mãos voltada para frente.

 

A antomia pode ser dividida em  partes essenciais:

 

Citologia: estudo das células

Histologia: estudo dos tecidos do corpo humano

Osteologia: estudo do esqueleto

Miologia: estudo dos músculos

Angiologia: estudo do coração e vasos (artérias, veias e linfáticos)

Neuroanatomia: sistema nervoso

Estesiologia: órgãos sensoriais

Esplaninologia: estudo das vísceras

Endocrinologia: estudo das glândulas endócrinas

Tegumento Comum: pele e seus anexos

Artrologia: estudo das articulações

 

Planos Anatômicos:

Plano Sagital: secção antero – posterior ( divide o corpo em lado direito e esquerdo)

Plano Horizontal, transverso ou axial : divide o corpo em superior e inferior (caudal e cranial)

Plano Frontal ou coronal: divide o corpo em anterior e posterior.

 

Termos de relação:

Anterior: ventral

Posterior: Dorsal

Superior: Cranial

Inferior: Caudal

 

Termos de Comparação

Superficial: tudo o que está mais para fora do corpo. Exemplo: pele.

Profundo: tudo o que está mais fundo. Exemplo: ossos.

Lateral: mais afastado do plano sagital.

Medial: mais perto do plano sagital

 

Outros Termos utilizados:

Médio ou intermédio: entre estruturas ímpares

Mediano: no meio, próximo ao plano mediano

Mão:

Região Palmar: anterior

Região Dorsal: posterior

 

Pé:

Região Plantar: inferior

Região Dorsal: superior

 

Organização do Corpo Humano e Unidades Estruturais:

O corpo humano é constituído por pequenas unidades chamadas células. Um grupo de células especializadas compõem um tecido. Um grupo de tecidos formam os órgãos que por conseguinte formam um sistema.

Sistemas são a combinação de órgãos que em conjunto desempenham funções com um objetivo. Os sitemas do corpo humano são:

Sistema Esquelético, Muscular, Cardiovascular, Respiratório, Endócrino, Linfático, Urinário, Tegumentar, Digestório, Articular e Reprodutor.

 

OSTEOLOGIA:

É o estudo dos ossos que compõem o esqueleto humano, cerca de 205 ossos.

 Esqueleto Axial: ossos da cabeça, pescoço e tórax.

 Esqueleto Apendicular: ossos dos membros superiores e inferiores.

 

Funçâo dos Ossos:

Sustentação do corpo;

Proteção: protegem os órgãos vitais do corpo humano, atuando como uma “armadura”;

Hematopoiese: sua medula origina células sangüìneas;

Cálcio: os ossos acumulam cálcio promovendo a troca desses íons;

Movimento: auxiliam no movimento do corpo humano.

 

Segundo sua forma, os osso podem ser:

 

Ossos Longos: Maior comprimento que largura e apresentam canal medular. Ex: úmero.

Ossos Curtos:  Suas dimensões principais são aproximadamente iguais. Ex: Ossos do carpo.

Ossos Planos ou Chatos: São delgados, a largura e o comprimento são maiores que a espessura. Ex: escápula.

Ossos Irregulares: Sem forma definida, não se incluem em outras classificações> Ex.: vértebras.

Osso Alongado: Mesma características do osso longo porém não possui canal medular. Ex: costelas.

Ossos Pneumáticos: São ossos ocos, com cavidades cheias de ar, apresentam pouco peso em relação ao seu volume. Ex: Frontal.

 

Os ossos Longos possuem um corpo, duas extremidades usualmente articulares e uma porção onde ocorre o crescimento ósseo.

As extremidades são as epífises ósseas, o corpo chamamos de diáfise e a zona de crescimento ósseo denomina-se metáfise.

O corpo de um osso longo é um tubo de osso compacto cuja cavidade chama-se medular onde contém medula óssea.

 

Constituição de um Osso:

 

Periósteo: tecido conjuntivo fibroso que reveste a superfície externa do osso, exceto as superfícies articulares. (que são revestidas por cartilagem hialina).

Endósteo: tecito conjuntivo delicado que reveste as cavidades do osso, incluindo os espaços e cavidades medulares.

Tecido Ósseo Esponjoso: formado por trabéculas ósseas, que delimitam os espaços intercomunicantes ocupados pela medula óssea.

Tecido Ósseo Compacto: É uma massa sólida, onde predomina o cálcio em sua composição, na qual os espaços só são visíveis ao microscópio.

Medula Óssea:

Estrutura mole que preenche as pequenas cavidades de tecido esponjoso e que nos ossos longos está contida numa cavidade central chamada cavidade medular. Compreende dois tipos:

Medula Óssea Amarela: é emcontrada na diáfise dos ossos longos, é composta de tecido conjuntivo formado por células adiposas.

Medula Óssea Vermelha: localiza-se nas epífises de certos ossos longos, reicamente vascularizada, consiste em células sangüíneas e suas precursoras.

Tem como função a formação de diversas células sangüíneas: eritrócitos ( transporte de oxigênio), leucócitos ( glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo), megacariocitos ( células com núcleo grande, cujos fragmentos formam as plaquetas, que, são necessárias na coagulação sangüínea.

 

Células Ósseas:

 

Osteoblastos: atuam na síntese da matriz óssea

Osteoclasto: atuam na reabsorção óssea

Osteócito: são as células do osso maduro.

 

Propriedades Físicas:

Os ossos são rígidos e elásticos. Resistem às forças de tensão e de pressão e podem suportar cargas estáticas e dinâmica muitas vezes maior que o peso do corpo.

A rigidez do osso resulta da deposição de uma complexa substância mineral na matriz orgânica, principalmente complexos de fosfato de cálcio que pertencem ao grupo mineral apatita.

 

 

 _______________________________________________________________________________________________________________________________

ANATOMIA HUMANA

 

Anatomia é  a parte da biologia que estuda a forma e a estrutura dos seres organizados, bem como as relações entre os órgãos que se constituem. É uma palavra de origem grega  que significa cortar em partes (ana : cortar e tomia: em partes). Em português temos para o mesmo significado a palavra “dissecação”.

A posição anatômica considera que a região anterior  do corpo humano seja o indivíduo com os braços ao longo do corpo e as palmas das mãos voltada para frente.

 

A anatomia pode ser dividida em  partes essenciais:

 

Citologia: estudo das células

Histologia: estudo dos tecidos do corpo humano

Osteologia: estudo do esqueleto

Miologia: estudo dos músculos

Angiologia: estudo do coração e vasos (artérias, veias e linfáticos)

Neuroanatomia: sistema nervoso

Estesiologia: órgãos sensoriais

Esplaninologia: estudo das vísceras

Endocrinologia: estudo das glândulas endócrinas

Tegumento Comum: pele e seus anexos

Artrologia: estudo das articulações

 

Planos Anatômicos:

- Plano Sagital : secção ântero – posterior ( divide o corpo em lado direito e esquerdo)

- Plano Horizontal, transverso ou axial: divide o corpo em superior e inferior (caudal e cranial)

- Plano Frontal ou coronal : divide o corpo em anterior e posterior.

 

Termos de relação:

- Anterior: ventral

- Posterior: Dorsal

- Superior: Cranial

- Inferior: Caudal

 

Termos de Comparação

- Superficial: tudo o que está mais para fora do corpo. Exemplo: pele.

- Profundo: tudo o que está mais fundo. Exemplo: ossos.

- Lateral: mais afastado do plano sagital.

- Medial: mais perto do plano sagital

 

Outros Termos Utilizados:

- Médio ou intermédio: entre estruturas ímpares

- Mediano: no meio, próximo ao plano mediano

  Mão:

- Região Palmar: anterior

Região Dorsal: posterior

 

  Pé:

- Região Plantar: inferior

- Região Dorsal: superior

 

Organização do Corpo Humano e Unidades Estruturais:

O corpo humano é constituído por pequenas unidades chamadas células. Um grupo de células especializadas compõem um tecido. Um grupo de tecidos formam os órgãos que por conseguinte formam um sistema.

Sistemas são a combinação de órgãos que em conjunto desempenham funções com um objetivo. Os sistemas do corpo humano são:

Sistema Esquelético, Muscular, Cardiovascular, Respiratório, Endócrino, Linfático, Urinário, Tegumentar, Digestório, Articular e Reprodutor.

 

OSTEOLOGIA:

 É o estudo dos ossos que compõem o esqueleto humano, cerca de 205 ossos.

 Esqueleto Axial: ossos da cabeça, pescoço e tórax.

 Esqueleto Apendicular: ossos dos membros superiores e inferiores.

 

Função dos Ossos:

- Sustentação do corpo;

- Proteção: protegem os órgãos vitais do corpo humano, atuando como uma “armadura”;

- Hematopoiese: sua medula origina células sangüíneas;

- Cálcio: os ossos acumulam cálcio promovendo a troca desses íons;

- Movimento: auxiliam no movimento do corpo humano.

 

Segundo sua forma, os ossos podem ser:

 

- Ossos Longos: Maior comprimento que largura e apresentam canal medular. Ex: úmero.

- Ossos Curtos:  Suas dimensões principais são aproximadamente iguais. Ex: Ossos do carpo.

- Ossos Planos ou Chatos: São delgados, a largura e o comprimento são maiores que a espessura. Ex: escápula.

- Ossos Irregulares: Sem forma definida, não se incluem em outras classificações.       Ex.: vértebras.

- Osso Alongado: Mesma características do osso longo porém não possui canal medular. Ex: costelas.

- Ossos Pneumáticos: São ossos ocos, com cavidades cheias de ar, apresentam pouco peso em relação ao seu volume. Ex: Frontal.

 

Divisão dos Ossos Longos:

Os ossos longos possuem um corpo, duas extremidades usualmente articulares e uma porção onde ocorre o crescimento ósseo.

As extremidades são as epífises ósseas, o corpo chamamos de diáfise e a zona de crescimento ósseo denomina-se metáfise.

O corpo de um osso longo é um tubo de osso compacto cuja cavidade chama-se medular onde contém medula óssea.

 

Constituição de um Osso:

- Periósteo: tecido conjuntivo fibroso que reveste a superfície externa do osso, exceto as superfícies articulares. (que são revestidas por cartilagem hialina).

- Endósteo: tecido conjuntivo delicado que reveste as cavidades do osso, incluindo os espaços e cavidades medulares.

- Tecido Ósseo Esponjoso: formado por trabéculas ósseas, que delimitam os espaços intercomunicantes ocupados pela medula óssea.

- Tecido Ósseo Compacto: É uma massa sólida, onde predomina o cálcio em sua composição, na qual os espaços só são visíveis ao microscópio.

-Medula Óssea: Estrutura mole que preenche as pequenas cavidades de tecido esponjoso e que nos ossos longos está contida numa cavidade central chamada cavidade medular. Compreende dois tipos:

Medula Óssea Amarela: é encontrada na diáfise dos ossos longos, é composta de tecido conjuntivo formado por células adiposas.

Medula Óssea Vermelha: localiza-se nas epífises de certos ossos longos, ricamente vascularizada, consiste em células sangüíneas e suas precursoras.

Tem como função a formação de diversas células sangüíneas: eritrócitos ( transporte de oxigênio), leucócitos ( glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo), megacariócitos ( células com núcleo grande, cujos fragmentos formam as plaquetas, que, são necessárias na coagulação sangüínea.

 

Células Ósseas:

- Osteoblastos: atuam na síntese da matriz óssea

- Osteoclasto: atuam na reabsorção óssea

- Osteócito: são as células do osso maduro.

 

Propriedades Físicas:

Os ossos são rígidos e elásticos. Resistem às forças de tensão e de pressão e podem suportar cargas estáticas e dinâmica muitas vezes maior que o peso do corpo.

A rigidez do osso resulta da deposição de uma complexa substância mineral na matriz orgânica, principalmente complexos de fosfato de cálcio que pertencem ao grupo mineral apatita.