Auriculoterapia

Auriculoterapia

Indicações e vantagens da Auriculoterapia

auriculoterapiaA auriculoterapia tem sido muito eficaz como tratamento quando associada a outras terapêuticas provenientes da medicina oriental, como acupuntura sistêmica e fitoterapia. Os distúrbios que são mais tratáveis com auriculoterapia incluem problemas musculoesqueléticos, como articulações dos joelhos, ombro, tornozelo; distúrbios hormonais, sintomas associados à menopausa; distúrbios da tireoide e problemas menstruais; doenças que afetam os órgãos, tais como úlceras gástricas, asma e alergias, e problemas digestivos, para citar alguns. Especificamente, a orelha é um excelente local para tratar qualquer problema que tem um componente de dor, como dor lombar, dores de cabeça, problemas de pele (dermatites), problemas neurológicos e vasculares, tais como esclerose múltipla e hipertensão arterial. Problemas emocionais e ansiedade também são satisfatoriamente tratados por este método (Abatte, 2004).

 

Nogier afirma que a auriculoterapia tem quatro principais usos:
(1) na presença de dor, incluindo dor do câncer extremo; herpes zoster diagnosticada no início;
(2) para problemas emocionais que envolvem o sistema nervoso central;
(3) torna os pacientes mais sensíveis à terapia medicamentosa, alterando o metabolismo, aumentando assim a absorção e eliminação;
(4) e pode ser usado para tratar eficazmente vícios (Nogier, 2009).

Segundo Abatte (2004), além de sua eficácia clínica, há outras características que tornam o emprego da auriculoterapia uma valiosa opção. Eles incluem os seguintes itens:
1 – A auriculoterapia é fácil de aprender e dominar;
2 – Os instrumentos de auriculoterapia são acessíveis em termos de preços, independente dos diferentes tipos de materiais selecionados para o tratamento (agulhas, sementes, esferas etc); o equipamento necessário para a auriculoterapia é mínimo e relativamente barato;
3 – Pode ser usada como uma modalidade exclusiva e independente ou como adjunta de alguma outra terapia, potencializando ou mantendo seus resultados;
4 – Os resultados obtidos a partir auriculoterapia são rápidos, eficazes e já testados há pelo menos 2.500 anos;
5 – A auriculoterapia é uma técnica relativamente não-invasiva fácil de ser administrada e que promove a adesão do paciente por meio do autotratamento;
6 – A menos que seja utilizada de forma inadequada, a auriculoterapia não incorre em efeitos secundários negativos;
7 – Tem uma ampla gama de aplicabilidade em inúmeras condições clínicas, incluindo o diagnóstico, tratamento e prevenção da doença;
8 – Como a acupuntura sistêmica, a auriculoterapia pode ser utilizada para o tratamento de doenças dos órgãos internos, musculoesqueléticas e problemas emocionais. A auriculoterapia é particularmente eficaz para o tratamento de dor, inflamação e doenças de pele e pode tratar tanto a doença aguda quanto a crônica;
9 – Pode ser usada com sucesso para praticamente qualquer condição clínica e produzir, pelo menos, uma taxa de sucesso de 90 %.
10 – Como a acupuntura sistêmica, se aplicada corretamente, a auriculoterapia estimula o organismo a curar-se de acordo com os princípios de equilíbrio Yin e Yang e promove a função adequada dos órgãos.

Sobre o Curso:
A Auriculoterapia é um dos microssistemas mais antigos e populares da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), e aceita pela OMS (Organização Mundial da Saúde), desde 1990, com indicação no tratamento de diversas enfermidades. Consiste no uso de determinados pontos ou áreas distribuídas no pavilhão auricular (orelha), refletindo fielmente a atividade funcional do organismo.
Tais pontos ou áreas podem ser estimulados através de sementes, agulhas, massagens, etc.
É uma técnica de grandes resultados, com boa aceitação pelos pacientes, de fácil aprendizado, fácil execução e de baixo custo.
Estudar o microssistema auricular; seus conceitos históricos, filosóficos, fisiológicos e terapêuticos, são de suma importância para sua aplicação.

Programação:
1-Fundamentos da Auriculoterapia
– História, Anatomia, Fisiologia, Correspondência auricular.
2-Diagnóstico em Auriculoterapia
– Inspeção, Palpação.
3-Classificação dos pontos
– Segundo a anatomia, ação, MTC, neurologia e endocrinologia.
4-Materiais e Métodos
-Massagem auricular, Sangria auricular, Esferas e sementes.
5-Terapêutica em auriculoterapia
-Prescrição e seleção dos pontos auriculares.

Carga Horária:
15 Horas/Aula (aula presencial + atividade complementar)

Inscrições:
Modo 1: Pessoalmente na secretaria da escola, na rua Benjamin Constant, 290, bairro Ideal – Novo Hamburgo/RSModo 2: Via depósito bancário/internet (solicite ficha de inscrição pelo e-mail sogab@sogab.com.br)

SOGAB +55 51 9559-8930 sogab@ sogab.com.br