Dry Needling

Curso de Formação em Dry Needling:

Dr. Pablo Dias

Esta é uma técnica fisioterapêutica que está se disseminando rapidamente pela sua eficácia e resolutividade. No Brasil ainda é pouco conhecida, mas está ganhando cada vez mais adeptos.

Dry Needling foi desenvolvida desde 1940 através dos estudos da Dra. Janet Travell e após teve seus estudos aprimorados, por cientistas como Dr. Karel Lewit e Dr. Chang Gun. Dra. Janet Travel, que é conhecida como a “mãe do conhecimento sobre Trigger Point Miofascial”, nos Estados Unidos, originalmente começou os seus estudos e prática clínica desta técnica que ela mesma nominou como “Dry Needling”, utilizando agulhas hipodérmicas no tratamento de Trigger Points, sem nenhuma analogia à Acupuntura ou a MTC (Medicina Tradicional Chinesa). Somente com o passar do tempo outros pesquisadores passaram a realizar esta analogia.

Ministrante: Dr. Pablo Dias
Veja como foi o curso de Dry Needling
na Faculdade Inspirar em Fevereiro de 2015

Informações: www.cursodedryneedling.com.br

“Técnica inovadora e eficaz, internacionalmente reconhecida, bastante prática e objetiva que na atualidade está sendo empregada por diversos Fisioterapeutas por todo o mundo. Trata-se de uma técnica invasiva que utiliza o “agulhamento seco” sem nenhuma medicação em pontos anatômicos específicos no tratamento da dor miofascial. Esta técnica não deve ser confundida com o tratamento de acupuntura, pois visa a terapia de agulhamento com fundamentação fisiológica ocidental promovendo efeitos reflexo neuromuscular relaxante, bioquímicos e imunológicos locais embora usando agulhas semelhantes às da acupuntura. Pode ser empregado no tratamento de diversos distúrbios musculares locais, como torcicolos, “trigger points”, síndrome miofascial, cefaléia tencional, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciatalgias e também dores articulares do esqueleto apendicular.”

SOGAB +55 51 9559-8930 sogab@ sogab.com.br